Coro de Queixas (PT)

Música

Sexta-feira 10 Set • 23h00 • Alcanena, Cine-Teatro São Pedro
Sábado 25 Set • 23h00 • Minde, Blackbox CAORG
Duração 20′
Para todas as idades

Projecto com a comunidade local.


A ideia de um coro amador que usasse queixas locais como fonte de uma peça coral simples partiu de dois artistas finlandeses e rapidamente se espalhou pelo resto do mundo. Convidado pelo Festival Materiais Diversos a realizar a ideia em Portugal, o compositor Sérgio Azevedo recebeu o projecto com entusiasmo. As características dos intérpretes (todos, alunos e professores de música) e a duração da peça (20′), inspiraram o compositor a criar uma peça impressiva, fazendo jus aos músicos profissionais (ou a caminho de o serem) que compõem o Coro de Queixas.
As queixas recolhidas em Minde e Alcanena, deram assim origem a uma verdadeira Cantata para coro adulto, coro infanto-juvenil, 3 clarinetes, 3 trompas e 6 percussionistas (que no meio dos instrumentos tradicionais usam também 12 latas…).


Compositor
Sérgio Azevedo
Nasceu em Coimbra em 1968. Estudou composição na Academia de Amadores de Música com Fernando Lopes-Graça, com o qual continuará particularmente os estudos, e concluiu o Curso Superior de Composição com 20 valores na Escola Superior de Música de Lisboa, onde trabalhou com Constança Capdeville e Christopher Bochmann. Ganhou diversos prémios de composição, nacionais e internacionais, e as suas obras têm sido encomendadas pelas mais importantes instituições e tocadas em vários países pelos mais prestigiados intérpretes. Publicou em 1999 os livros A Invenção dos Sons (Caminho), em 2007 Olga Prats – Um Piano Singular (Bizâncio), e colabora com The New Grove Dictionary of Music and Musicians. É professor na ESML e colaborador da RDP – Antena 2 desde 1993. Está actualmente (2010) a realizar o doutoramento no Instituto de Estudos da Criança (IEC), Universidade do Minho, sob a orientação de Elisa Lessa e Christopher Bochmann, sendo ainda o responsável artístico pela edição das obras completas de Fernando Lopes-Graça, iniciativa do Museu da Música Portuguesa (Cascais).

Maestrina Joana Raposo
Nasceu em Minde em 1984, onde iniciou os estudos musicais aos seis anos de idade no Conservatório de Música Jaime Chavinha onde concluiu o Curso Secundário de Guitarra Clássica e frequentou também a Escola Profissional de Música de Almada.
É Licenciada em Direcção Coral pela Escola Superior de Música de Lisboa e Mestre em Estudos da Criança variante Educação Musical pela Universidade do Minho em Braga.
Lecciona as disciplinas de Iniciação Musical, Viola Dedilhada e Coro no Conservatório de Música Jaime Chavinha em Minde e Iniciação Musical no Jardim de Infância do Centro de Bem-estar Social de Minde.
É maestrina e fundadora do Coro Infantil Nossa Senhora da Encarnação do Espinheiro (2004), e do Coro Infantil Dó-Ré-Mi de Alcanena (2005). Na qualidade de maestrina, tem ainda realizado diversas estreias de obras corais para coro misto “a cappella” e de obras corais infantis do compositor português Sérgio Azevedo.

Maestro João Carlos Gameiro
Natural de Minde, iniciou os estudos musicais na Banda da Sociedade Musical Mindense e concluiu o Curso de  Formação Musical e Trompete no Conservatório de Lisboa.
Concluiu um curso de Direcção coral com o maestro Paulo Brandão e trabalhou na área do Canto Lírico. Frequentou e concluiu o Curso Nacional de Direcção de Bandas e o curso Regional de Direcção de Bandas promovidos pelo INATEL.
É professor de Educação Musical em diversas escolas. Foi membro do Coro de Câmara do Conservatório Regional de Tomar e membro fundador do quarteto de Flautas de Bisel de Tomar.
Trabalhou na área de direcção de música coral e dirige desde 1996 o Coro do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro. Em Março de 2002 assumiu a Direcção Artística da Banda da Sociedade Musical Mindense sendo actualmente o seu maestro.

Coro Infanto-Juvenil do CAORG
Os alunos do Conservatório de Música Jaime Chavinha de Minde que integram este coro são provenientes dos mais variados graus de ensino leccionados no Conservatório, desde a iniciação musical, passando pelos cursos básicos e complementares. Os elementos deste coro. O Conservatório tem duas classes de coro de acordo com as idades e os graus dos alunos, o Coro Juvenil e o Coro de Câmara. Este último é frequentado pelos alunos mais que se encontram nos graus mais avançados no Conservatório. A disciplina de Coro é leccionada pela Maestrina Joana Raposo desde o ano lectivo de 2003/2004.

Coro Polifónico do CAORG
Fundado em Dezembro de 1996, conta com cerca de 40 coralistas interpretando no seu repertório vários estilos e épocas da música sacra e profana.
Conta no seu Curriculum com actuações com a Orquestra Profissional de Música de Évora e no Pavilhão de Portugal na Expo’98.
Participou em vários concertos nomeadamente em Abril de 2006 no Funchal, na Calheta, em Santana e no Machico, no âmbito do IX Festival de Coros da Madeira integrado na Comemoração dos 500 anos da Cidade do Funchal.

Coro de Câmara do CAORG
Fundado em Janeiro de 2009, teve a sua primeira apresentação pública no dia 17 de Outubro num concerto realizado na Igreja Matriz de Minde.
Sob a direcção do maestro João Carlos Roque Gameiro o coro é composto por 19 elementos.
Apesar de muito jovem conta já no seu repertório com obras que vão desde a música renascentista, passando pelo barroco, pelo classicismo, pelo romantismo, jazz até à música contemporânea.


Concepção Tellervo Kalleinen e Oliver Kochta-Kalleinen
Composiçã
o Sérgio Azevedo
Maestrina Joana Raposo
Maestro João Carlos Gameiro
Interpretação Coro Infanto-Juvenil do CAORG, Coro Polifónico do CAORG, Coro de Câmara do CAORG
Co-Produção Festival Materiais Diversos


www.complaintschoir.org